O arquipélago

  • Farol Gonçalo Velho - O que ver nos Açores
  • Centro Histórico de Ponta Delgada - O que visitar nos Açores
  • Angra do Heroísmo - O que ver nos Açores
  • Moinhos na Graciosa - O que visitar nos Açores
  • Vila de Velas - O que ver nos Açores
  • Antigo Colégio dos Jesuítas - O que visitar nos Açores
  • Museu do Vinho na Madalena - O que ver nos Açores
  • Farol das Lajes das Flores - O que visitar nos Açores
  • Fechaduras de madeiro típicas do Corvo - O que ver nos Açores

Património

Ilhas de Excelência

Os Açores têm procurado afirmar-se como ilhas de qualidade e excelência, onde aquilo que é genuíno e diferenciador marca a diferença e impõe-se num mundo globalizado, e contribui para a valorização do seu património natural e cultural. A classificação pela UNESCO do centro histórico da cidade de Angra do Heroísmo e da Paisagem da Cultura da Vinha da Ilha do Pico como Património Mundial da Humanidade são reconhecimentos de monta. Tal como a classificação das ilhas Graciosa, Corvo e Flores como Reservas da Biosfera.

Noutras frentes, o arquipélago afirma-se como destino turístico de excelência e respeitador dos valores ambientais e socioculturais. Assim o atestam iniciativas e galardões nacionais e internacionais, como a eleição da Lagoa das Sete Cidades e da Paisagem Vulcânica da Ilha do Pico como Maravilhas Naturais de Portugal. Ou o epíteto de “segundas melhores ilhas do mundo do ponto de vista do turismo sustentável”, onde, a par da simpatia das populações, se enaltece uma preservação ambiental bem sucedida e um desenvolvimento turístico feito de forma harmoniosa. O Geoparque Açores, que em breve se candidata às redes europeia e global sob os auspícios da UNESCO, representa o mais recente desafio nesta caminhada.

Arquitectura

A arquitectura é um dos principais pontos de atracção que poderá ver nos Açores. No conjunto de igrejas, conventos, solares e casas rurais espalhadas pelo arquipélago, aprecia-se o bailado cromático entre as paredes de alvenaria branca e a pedra de cantaria de basalto, ignimbrito e traquito. Moinhos de vento e azenhas, varandas de ferro forjado, fornos e chaminés, ruas, ruelas e becos estreitos e casas de paredes inteiramente de pedra escura, são outros elementos que dão tipicidade a cada uma das ilhas. Angra do Heroísmo, na Terceira, é um repositório especial da identidade arquitectónica dos Açores, acrescentado pelo tom de arco-íris das fachadas pintadas de cores garridas.

Cultura

Se procura locais para visitar nos Açores então,através de variadas colecções etnográficas, os museus açorianos reflectem uma história muito ligada ao cultivo da terra, criação de animais, artesanato e pesca. A caça à baleia ganha especial atenção nas ilhas do Pico e do Faial, com vestígios e relatos de uma época interpretada por homens valorosos. O espólio de arte sacra preenche salas de exposição museológica, mas grande parte do valor artístico permanece no interior das igrejas.

Ao longo dos séculos, o povo açoriano manifestou uma elevada consciência política que ajudou a moldar personalidades ilustres, como o primeiro presidente da República de Portugal, Manuel de Arriaga, ou o seu sucessor, Teófilo Braga. A tradição de activismo social manter-se-ia, condimentada com os dotes poéticos e literários, com um certo cunho de lirismo, de Antero de Quental, Vitorino Nemésio e Natália Correia, ou artísticos, de Domingos Rebelo e Canto da Maya.

Artesanato

Flores de escamas de peixe, gravuras em dente de cachalote, bonecas de folhas de milho, miniaturas em miolo de figueira. Quatro exemplos do engenho açoriano em aproveitar os recursos naturais para fins artesanais. Na cerâmica, tecelagem e bordadura, as cores vivas juntam-se ao branco para compor padrões singulares.

Herança dos tempos dos povoadores, a viola da terra continua a ser tocada – e manufacturada – em muitos pontos do arquipélago. Actualmente, os conservatórios açorianos já integram o ensino da viola da terra que exige uma técnica específica para ser tocada.