Flores

  • Albacora assada - Turismo Gastronómico na Ilha das Flores
  • Albacora fresca - Turismo Gastronómico nas Flores
  • Araçal - Turismo Gastronómico nas Flores

Gastronomia

Durante séculos, as ilhas do grupo ocidental viveram algo isoladas, fruto do seu distanciamento às restantes ilhas do arquipélago e às impiedosas condições atmosféricas a que por vezes estão sujeitas. Como tal, os habitantes aprenderam a confiar na produção local como base da alimentação.

No Inverno, com as dificuldades de saída para o mar em busca do abundante peixe, a carne suína servia muitas vezes de sustento. A cozinhada de porco ficou como testemunho desse tempo: carnes de porco em salmoura, depois de demolhadas, são cozidas e servidas com batata e couve. Inhame com linguiça e sopa de agrião juntam-se à ementa mais tradicional das Flores. O queijo curado produzido na ilha apresenta pasta mole de textura firme.

O mar envolvente é generoso e estimula a imaginação culinária dos florentinos. Nas tortas de erva patinha alia-se o conceito de omeleta com as algas marinhas que crescem à beira-mar. O peixe, que faz parte do património gastronómico tradicional da ilha, é vertido em receitas diversas, como a albacora assada no forno e a caldeirada de congro.

O microclima de certas zonas permite o crescimento de frutas exóticas. Do araçá, planta da família da goiabeira, apanham-se frutos de cor amarela, vermelha e roxa com que se produz um doce típico. O mel apanha o aroma das imensas flores que embelezam a ilha.

Destaques