O arquipélago

  • Festival Maré de Agosto - Turismo Cultural nos Açores
  • Senhor Santo Cristo dos Milagres - Turismo Cultural nos Açores
  • Marchas Populares - Turismo Cultural nos Açores
  • Trajes Típicos da Graciosa - Turismo Cultural nos Açores
  • Festas do Espírito Santo - Turismo Cultural nos Açores
  • Regata na Costa do Faial
  • Víndimas - Turismo Cultural nos Açores
  • Altar do Espírito Santo - Turismo Cultural nos Açores

Festividades

Os terramotos e erupções vulcânicas que assolaram as ilhas açorianas ao longo de séculos são responsáveis por algumas das tradições religiosas que continuam a ser vividas com grande fervor. Os Romeiros que palmilham São Miguel durante a época da Quaresma remontam ao século XVI: na época, os habitantes solicitaram auxílio divino para aplacar a ira da Natureza. Pagamentos de promessas atendidas, estas romarias sobreviveram ao passar dos séculos.

Aspecto etnográfico mais característico dos Açores, o culto ao Divino Espírito Santo estende-se de Maio a Setembro tendo como epicentro da festa pequenas capelas conhecidas por “impérios”. O pendor católico do arquipélago estende-se para outras festas, como a do Senhor Santo Cristo dos Milagres, em São Miguel, ou as procissões dos santos padroeiros de cada freguesia. Frequentemente, a religião dá as mãos a iniciativas de cariz profano, como bem exemplificam as Sanjoaninas da Terceira. Dos programas festivos podem constar arraiais, marchas, concertos de música, provas desportivas náuticas, eventos culturais, feiras de gastronomia, mostras de artesanato e até touradas.

O Carnaval, vivido com intensidade e imaginação em várias ilhas, é exemplo máximo do espírito festivo dos açorianos, com danças, bailinhos e corsos carnavalescos. A música faz parte da alma insular e quase todas as freguesias têm a sua banda filarmónica. As cantigas ao desafio continuam a semear boa disposição entre quem as ouve. E as modinhas populares e grupos folclóricos embelezam as festas que marcam todo o período de Verão.

A estas tradições seculares, os Açores juntaram um conjunto de eventos modernos para evocar o passado, de olhos postos no futuro. Semana do Mar (Faial), Festa dos Baleeiros (Pico), Maré de Agosto (Santa Maria), Semana Cultural das Velas (São Jorge) ou Festa do Emigrante (Flores) são pontos altos num calendário festivo muito preenchido.