Golfe

Olhar em redor e não ver qualquer tipo de construção humana na linha do horizonte. Só paz e natureza. Mais uma tacada e temos o Atlântico à espreita. A morfologia dos greens convida à caminhada, na companhia de uma explosão colorida de flores. O clima permite jogar em qualquer estação do ano. O arquipélago tem três campos, com percursos adaptados a principiantes e profissionais. Na vertente rústica, mostra-se o swing à população local, por entre pastos e terrenos agrícolas. Um golfe com regras semelhantes, mas com a etiqueta do puro divertimento e sociabilização em torno do desporto.

Informações Úteis

A prática do golfe nos Açores tem um sem número de atractivos. Obstáculos como as condições meteorológicas aqui não existem. Basta apenas ter a vontade de jogar e a paixão de acolher a natureza como companheira.  

Como levar o equipamento

É possível trazer o seu próprio equipamento. Por outro lado, saiba que os campos de golfe têm equipamento disponível para aluguer.

Como chegar aos campos

Os três campos situam-se em localizações privilegiadas, tanto em relação ao aeroporto, como às cidades mais próximas, sempre com bons acessos. Entre 15 e 50 minutos após a aterragem pode estar a iniciar um percurso sozinho ou na companhia de amigos.

Melhor altura do ano

O golfe nos Açores pode ser praticado durante todo o ano, graças às suas características meteorológicas únicas. A temperatura é tradicionalmente amena e mesmo durante o Inverno os dias costumam oferecer boas abertas que possibilitam realizar um percurso em comunhão com luxuriantes tons de verde.

Onde começar

Os campos estão abertos a praticantes de todos os níveis, com áreas específicas, atendendo ao nível de cada um. Caso se queira iniciar ou aprender um pouco mais, existem academias prontas a dar uma ajuda. Na vertente da animação, há uma série de programas disponíveis para a prática em grupo: power play golfe, baptismo de golfe, putting contest e horse.

O que é o golfe rústico?

Trata-se de uma vertente do golfe em expansão nos Açores, mas praticada fora dos campos clássicos. Imagine dar tacadas no meio de um pasto, tendo vacas como espectadoras, e ficará com uma imagem da singularidade desta nova modalidade. As regras são as mesmas mas a etiqueta altera-se um pouco. Os jogos são abertos a toda a comunidade, residente e visitante, numa experiência que garante o contacto com a natureza pura e o convívio animado com os habitantes locais.

Locais

SÃO MIGUEL

Por entre jarros e hortênsias, criptomérias e cedros, o golfe em São Miguel sustenta-se em dois campos de nível internacional. Em altitude ou com vista para o oceano, as tacadas são dadas em ambientes paradisíacos. Os Campos das Furnas e da Batalha propõem um total de quatro percursos, adaptados a diferentes níveis e preferências. Estão dotados de infra-estruturas e serviços como aluguer de equipamentos, academia de golfe, loja, bar e restaurante.

TERCEIRA

Um único campo de golfe serve a Terceira, a ilha do Arquipélago onde o espírito golfista está mais entranhado nos habitantes locais. O Clube de Golfe da Terceira herdou o campo construído por norte-americanos para recreio do pessoal militar estacionado na base aérea das Lajes. Alterações posteriores ao traçado criaram um campo estimulante, onde se vive a experiência singular de partilhar tacadas com adeptos da modalidade provenientes de diferentes extractos sociais e profissões.

Encontre um Especialista

Saiba mais

Campo de Golfe da Batalha

Saiba mais

Campo de Golfe das Furnas

Saiba mais

Club de Golfe da Terceira